Não olhes para trás!

“Lembrai-vos da mulher de Ló” (Lucas 17:32)

 

A mulher de Ló ocupa um lugar de grande insignificância na Bíblia Sagrada. Ela só aparece uma única vez e mesmo assim em uma cena de grande desobediência. Apesar disso, JESUS pede que nos lembremos dela.

A história dessa mulher está diretamente relacionada à destruição de Sodoma que, juntamente com outras quatro cidades, compunham o perfil geográfico das campinas do Jordão. Foi nessa cidade que Ló escolheu para morar. E a escolha se deu por uma razão óbvia: a cidade era formosa, bem regada, “(…) e era como o Jardim do Senhor (…)” (Gênesis 13:10). Curiosamente, quase todas as vezes em que a cidade é citada na Bíblia, uma nota negativa a acompanha. E todas elas, referindo-se a problemas de comportamento de ordem moral e sexual. Sodoma, juntamente com Gomorra, eram os espelhos de prostituição e de toda sorte de imundície e desobediência a DEUS para o mundo. Não havia temor algum nem o menor ressentimento por parte dos seus habitantes. A família de Ló habitou junto a esse cenário de perversidade e tristeza. Por essa razão, DEUS enviou um mensageiro para lhe informar que ele e toda a sua família deveriam abandonar o lugar o mais depressa possível, pois grande seria a destruição. DEUS queria poupar Ló e sua família do fogo e do enxofre porque ELE ouvira e atendera a oração que seu servo Abraão fazia em benefício do seu sobrinho Ló: “escapa-te, salva tua vida, não olhes para trás, nem te detenhas em toda esta planície. Escapa-te para os montes, para que não pereças” (Gênesis 19:17) (grifo meu). A ordem fora dada por DEUS: “não olhes para trás!” Mas enquanto fugiam desesperadamente para o lugar onde o SENHOR DEUS determinou, eis que a mulher de Ló, movida de curiosidade, inclinou o seu rosto e olhou para trás. Imediatamente foi transformada em uma estátua de sal. Acaba aqui a história que mal começou de uma mulher sem nome, mas que ficou conhecida por um simples ato de desobediência à ordem do PAI. DEUS quis tirar aquela jovem senhora de Sodoma, mas ela não conseguiu tirar Sodoma de dentro dela. Quando ela pensou no que estava deixando, talvez algo precioso aos seus olhos, transformou-se em um monumento sem vida. Foi por causa disso que JESUS nos alertou: “lembrai-vos da mulher de Ló”. Não por sua postura bravia de grande exemplo para a humanidade, mas por um gesto que lhe custou a vida.

Quando DEUS mandar você marchar, seguir em frente, não hesite nem se detenha. Não seja como aqueles que viram os extraordinários feitos de JESUS, foram participantes de grandes maravilhas, testemunharam a Sua obra, mas mesmo assim morreram ofuscados e indiferentes. Os homens que tentavam desqualificar o Filho de DEUS eram especialistas em olhar para trás, apaixonados por um conjunto de leis judaicas e ultrapassadas. Certa vez, esses mesmos homens levaram à presença do Senhor JESUS uma mulher flagrada em adultério. No caminho, muitas foram as humilhações e zombarias que ela teve de suportar. Eles tinham certeza de que aquela mulher seria mais uma a ser apedrejada e morta por conta do pecado que havia cometido. Mas JESUS incentivou algum deles a atirar a primeira pedra se não tivesse pecado algum. Foi saindo um por um, dos mais velhos aos mais novos, até que JESUS ficou a sós com aquela pobre mulher e, olhando em seus olhos, perguntou-lhe: “mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou? Respondeu ela: ninguém, Senhor. Disse Jesus: nem eu também te condeno. Vai e não peques mais” (João 8:10-11). Em outras palavras, JESUS pediu que ela seguisse adiante com a sua nova vida e não olhasse para trás.

Ao olhamos para trás, observamos o mar de pecado que um dia se agigantou e tomou conta de nossa vida. Demonstramos também que ainda estamos presos a atitudes passadas, que o Sangue de JESUS já apagou. O dono do nosso passado é satanás, pois foi ele quem nos ajudou a construí-lo. Assim, olhar para trás significa ressuscitar as trevas e desconsiderar a grande obra de regeneração que JESUS proporcionou em nossas vidas. A maior especialidade do diabo é acusar naquilo que fizemos. Ele tenta nos atingir fazendo-nos voltar os nossos olhos àquilo que era errado e pecaminoso. E ao olharmos para o passado, sentimo-nos culpados e sem esperança alguma para o amanhã. A mulher de Ló teve a grande chance da vida dela de prosseguir e ser reconhecida por um testemunho de milagre, como aconteceu com muitas outras mulheres da Bíblia. Mas ela preferiu olhar para trás, olhar para aquilo que a prendia e a impedia de caminhar. O diabo colocou freios em seus pés e um espírito maligno de saudosismo dentro dela. Essa ambição pelo passado não conseguia fazer com que ela enxergasse lá na frente, o que ainda estava por vir através das mãos de DEUS.

A sua vida hoje pode estar combalida pelos erros que você outrora cometeu. Mas JESUS te alerta: “lembrai da mulher de Ló”. JESUS pede que você não se detenha ao passado, ao ontem, não olhe para trás de jeito nenhum, mas prossiga em busca daquilo que ELE te prometeu. O apóstolo Paulo, em meio ao grande deserto, vencia a cada dia com fé e esperança. Na carta que escreveu aos Filipenses, ele disse: “prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” (3:14). O autor à Carta aos Hebreus também assegura: “Olhando firmemente para Jesus, autor e consumador da nossa fé (…)” (12:2). O salmista apregoou: “Em teus preceitos meditarei e olharei para os teus caminhos” (119:15). O profeta Isaías afirmou: “Vede, eu crio novos céus e nova terra. Não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão” (65:17). Quem olha para outro lugar que não esteja JESUS, vive parado, estacionado, inerte como estátua de sal. A vida não progride, não há esperança, mas tristeza e desilusão. Nada pode impedir a tua caminhada na direção das bênçãos que DEUS reservou para você. Quando os filhos de Israel estavam prestes a ser destruídos pelos egípcios em pleno deserto, o SENHOR mandou Moisés abrir o Mar Vermelho e deu uma ordem àquela multidão através do seu líder: “diga aos filhos de Israel que marchem” (Êxodo 14:15). Se observarmos bem, todas as instruções do PAI para a nossa vida se resumem ao princípio maior de direcionarmos o nosso olhar para a frente, sempre marchando, sempre progredindo. Retroceder significa voltarmos ao lugar de onde DEUS já nos tirou. Seria invalidar a obra que JESUS fez por nós: “o meu justo viverá pela fé. E se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele” (Hebreus 10:38).

Infelizmente há muita gente nos dias de hoje presa às coisas do passado e, por isso, o coração é um baú de amarguras. Tem gente cujo automóvel só tem uma marcha: a ré. Existem pessoas que só sabem caminhar como caranguejo: para trás. Anos atrás, conheci um homem de meia idade que se vangloriava em dizer que era filho do passado, que o seu dia preferido era o ontem e que o melhor tempo verbal de se conjugar era o pretérito. Esse cidadão era tão amargo e pessimista que muitos que falavam com ele sentiam-se mal e tinham ânsia de vômito. Outros vivem apenas de lembranças, dos tempos de outrora, como se o agora estivesse morto e não produzisse frutos. O profeta aconselha: “Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Vede, eu faço uma coisa nova, que está saindo à luz; não a percebeis? Porei um caminho no deserto, e rios no ermo” (Isaías 43:18-19). Do passado, só quero me lembrar do dia em que entreguei a minha vida a JESUS: 26 de novembro de 2000. Foi a noite mais linda e mais inesquecível de toda a minha biografia. Mais que o meu primeiro nascimento, mais que o dia em que me casei. Quando algo aparece diante de mim com o propósito de me fazer parar, eu me lembro desse dia e renovo todas as forças. Quando a tristeza tenta bater a minha porta, eu me recordo da noite em que decidi deixar CRISTO ser o dono da minha vida e aumento a minha fé: “Disso me recordarei no meu coração; por isso, tenho esperança” (Lamentações 3:21). Quando satanás usa as pessoas para me mostrar o meu passado, as coisas erradas que fiz, eu mostro a elas o futuro do diabo e seus demônios: o inferno.

Antes de você desistir da caminhada, envenenar as suas esperanças e jogar fora todas as bênçãos que DEUS reservou para a sua vida, lembre-se da mulher de Ló! Ela não conseguiu chegar ao lugar seguro que o SENHOR determinara, mas conseguiu estar presente nas Sagradas Escrituras no tempo suficiente de nos advertir contra três coisas que nos fazem estátua de sal: abrir mão das mudanças, ficar envolvido com coisas que não acrescentam nada e ter um coração dividido. Que DEUS nos abençoe!

FERNANDO CÉSAR – Escritor, autor dos livros “Não Mude de religião: mude de vida!”, “Pódio da Graça”; “Antes que a Luz do Sol escureça” e da coleção “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua o adultério antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua a insubmissão antes que ela destrua seu casamento”. Também é líder do Ministério Famílias para Cristo.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Não olhes para trás!

  1. Whebson disse:

    Quando um servo obedece ao Deus Altíssimo, sempre se cumpre tudo aquilo que Ele mesmo deseja para as nossas vidas…

    João 10.27

    As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;

    E nesse texto eu ouço o nosso Senhor!!!

    Aleluia!

  2. Vanessa disse:

    Deus falou comigo! diretamente…..vivi uma situação ontem….que olhei para trás….Louvado seja Deus, por esse estudo que imediatamente veio para me corrigir…
    Amém

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s