Repúdio à heresia e à apostasia (sobre divórcio)

“Portanto o que Deus uniu não separe o homem” (Mateus 19:6)

 

Amados e irmãos em Cristo JESUS,

Quero deixar registrado aqui o meu repúdio a alguns líderes de denominações evangélicas que têm se levantado para escrever heresias, apostasias bíblicas em relação à lei conjugal de DEUS, especialmente o divórcio. São pessoas despreparadas, ignorantes, não sabem nada dos verdadeiros conselhos de DEUS para os casamentos. Escrevem cheios de contradições, querendo convencer os amados irmãos, sutilmente, de que um irmão divorciado deve contrair um novo casamento, estando ainda a sua esposa viva, e ser feliz.

Divórcio é possível? Claro que é. Ele está presente no Código Civil Brasileiro e permite a qualquer pessoa que esteja insatisfeita no casamento separar-se, divorciar-se e contrair novas núpcias. Mas essa Lei é totalmente abominável aos olhos de DEUS, O qual chega a afirmar, através do apóstolo Paulo, que, quem se une a uma nova pessoa estando o cônjuge ainda vivo, é chamada de adúltera (o) (ler Romanos 7:2-3 e 1 Coríntios 7:39). São palavras duras, porém simples, claras, bem transparentes aos olhos de quem quer enxergar a Verdade. Quem morre em adultério, segundo a Palavra de DEUS, vai para o inferno (Apocalipse 21:8, 1 Coríntios 6:9-10). DEUS detesta o repúdio (Malaquias 2:16). Só existem 3 estados civis para DEUS: solteiro, casado ou viúvo. DEUS não considera jamais esse estado civil que foi criado no Brasil através da Lei 6.515 de 26 de dezembro de 1977, de autoria do Deputado Nelson Carneiro. Divórcio é permissão de DEUS e não a Sua Vontade. E cristão não vive pela permissão, mas em como fazer a Vontade do PAI. Se fôssemos pensar apenas na permissão, o próprio Moisés, que era contra o repúdio, permitiu que um homem desse um documento à mulher repudiada. Permissão não é vontade. DEUS permite a uma mulher se prostituir. Permite também uma pessoa matar a outra. Ou não é verdade? Mas essas são vontade de DEUS?

Se uma das partes busca o divórcio, o que a parte abandonada tem de fazer? Ficar solteira, sozinha, consagrando-se mais e mais a DEUS e clamar pela restauração do seu casamento. DEUS restaura! Aquilo que ELE abençoou e que os cônjuges, por desobediência ou ignorância, não souberam manter vivos, Nosso SENHOR faz novas todas as coisas (1 Coríntios 13:10; 2 Coríntios 5:17). Para isso, DEUS os leva ao deserto espiritual para que ambos sejam moldados e aperfeiçoados.

Nada dessa história de recomeçar a vida buscando outro casamento, com a ideia satânica de ser feliz. Ninguém é feliz se não obedece à Palavra de DEUS. A verdadeira felicidade e o verdadeiro Amor consistem em obedecer a JESUS (João 14:12 e 15). Não se enganem: DEUS é Amor mas é Justiça também. Ser filho de DEUS significa renunciar a própria vontade, tomar a sua cruz e segui-LO (Mateus 16:24 e João 10:27). Sua verdadeira felicidade está, portanto, em agradar e fazer a vontade de DEUS. Se você, para os homens, é uma pessoa divorciada, não é para DEUS. DEUS te considera casada e quer restaurar o seu casamento e transformar a vida do seu cônjuge. Busque e verás o milagre acontecer!

Outra coisa: casamento para DEUS não é apenas deixar pai e mãe e viverem juntos, debaixo do mesmo teto. Isso é mentira de satanás. Casamento para DEUS é no religioso, na igreja, ali onde se faz o voto de que só a morte deve separá-los. Quem apenas vive debaixo do mesmo teto está em estado de amásia, fornicação, pois é solteiro e vive na prática sexual ilícita. Quem está assim procure imediatamente se consertar diante de DEUS.

Toda separação, independentemente do motivo, é irresponsável e desagrada a DEUS. Não é vontade do PAI que um casal casado se separe. Não existem motivos “responsáveis” para uma separação. Essa é outra mentira do diabo. Há erros que levam a uma separação. Mas todo erro DEUS conserta e transforma em acerto, em ajuste. Basta que procuremos o PAI em sinceridade.

O que acho engraçado são pastores, espalhados por aí, que têm medo de assumir que é a favor do divórcio e do casamento de divorciados. Eles pregam uma coisa, dizem que são contra e a favor da família, mas as suas práticas são abomináveis aos olhos de DEUS. Ficam querendo enganar, fazer algum “arrumadinho”, “ajuste” com a Palavra Santa e Sagrada. Pregam, inclusive, o amor de DEUS, mas não pregam a obediência à Bíblia. Dissociam uma coisa da outra. Eu nunca vi Amor sem obediência.

Quem pecou, quem errou, busque as misericórdias e o perdão de DEUS. DEUS perdoa toda vida que se arrepender verdadeiramente. Mas ELE diz a mesma coisa que disse à mulher adúltera: “vá e não peques mais”, ou seja, abandone o seu pecado, conserte a sua vida. Não adiantaria àquela mulher ser perdoada por CRISTO e continuar destruindo os casamentos como ela fazia. O livro de Provérbios diz “aquele que confessar e deixar o pecado alcançará misericórdia, mas o que encobre as suas transgressões, nunca prosperará” (28:13).

Se você se casou pela segunda vez, estando o teu cônjuge ainda vivo, peça perdão sincero a DEUS e se desfaça do erro. Desfazer-se é fundamental para alcançar a misericórdia.

Segundo casamento de divorciados é adultério. Há um caso na Bíblia em que a esposa cristã deve aceitar a separação do seu marido ímpio, quando este propor a separação, ou seja, tomar a iniciativa, para que não viva em opressão e busque dias de paz. Nunca a iniciativa deve partir da esposa cristã (1 Coríntios 7:15), e isso não lhe dá direito de contrair novo casamento (1 Coríntios 7:10-11). Segundo casamento só em caso de viuvez. Só e tão somente só. Quando DEUS não quer mais que duas pessoas permaneçam casadas, ELE cuida de guardar a vida de um dos cônjuges. ELE é FIEL, pois é DEUS quem dá a vida e é ELE quem a tira. Assim também é com o casamento. É assim que determina a Palavra de DEUS e é assim que deve ser seguida e cumprida. O que passa disso é heresia, apostasia, mentira, falsa doutrina, farisaísmo, conhecimento apenas humano, que leva à perdição e ao tormento eterno.

Em Cristo,

FERNANDO CÉSAR – Escritor, autor dos livros “Não Mude de religião: mude de vida!”, “Pódio da Graça”; “Antes que a Luz do Sol escureça” e da coleção “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua o adultério antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua a insubmissão antes que ela destrua seu casamento”. Também é líder do Ministério Famílias para Cristo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Repúdio à heresia e à apostasia (sobre divórcio)

  1. Leila disse:

    Amado Pastor. Que benção o sr é para nossa vida, digo “nós” esposas q cremos e esperamos no senhor a restauração do nosso lar. Se todos fossem firmes, como o sr é, se todos fossem buscar conhecer a palavra de DEUS a fundo e saber a diferença entre “permitir” e vontade de DEUS, muitos casamentos estariam firmes.
    Obrigada, por existitr e pelejar conosco,.

  2. whebson disse:

    Glória a Deus pela vida do Irmão.

    Abraços fraternos.

    By

  3. simone disse:

    Glória a Deus pela sua vida, e por se permitir grandiosamente ser usado por Deus, como a igreja do Senhor Jesus está doente com relação a este assunto. Que a cada dia seja a luz que Jesus lhe chamou pra ser.

  4. Jaqueline disse:

    A paz Pastor…
    Pastor gostaria de fazer uma pergunta,estou noiva de um moço que é divorciado,ele se divorciou porque houve traição e quando ele foi tentar restaurar o casamento a sua esposa já estava noiva do atual marido.Pastor nesse caso Deus aceita meu casamento com ele?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s