"Perdoai!"

“Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores” (Mateus 6:12).

 

O versículo que introduz a nossa reflexão é, sem dúvida, um dos mais conhecidos da Sagrada Escritura. Todo ser religioso um dia cresceu ouvindo-o e aprendendo a recitá-lo. Mas muitos ainda não pararam para analisar a profunda importância que ele tem em uma caminhada cristã. O perdão é a chave de uma vida próspera e feliz.

JESUS nos ensinou cinco princípios básicos do perdão: 1) que o perdão é incondicional; 2) quem perdoa verdadeiramente devolve o exato lugar que a pessoa ocupava antes; 3) DEUS só nos perdoa se perdoarmos ao nosso semelhante; 4) só receberemos algo que queremos da parte de DEUS, se perdoarmos, ou seja, purificarmos o nosso coração; 5) a capacidade de perdoar nos faz vencedores sobre as investidas satânicas.

Quando se trata de família, o perdão deve estar sempre em alerta, pronto para ser ativado e manifestado na vida do outro. As relações humanas são complexas, pois sempre esperamos a perfeição de quem está próximo a nós, ou seja, o amor é condicionado ao que o outro faz de bom. E como isso nunca acontece, a tendência é que o amor esfrie, a impiedade reine no coração de muitos. Esquecemos que JESUS não estabeleceu um parâmetro para nos perdoar. DEUS não procurou fazer um levantamento daquilo que fizemos de errado para decidir se nos perdoaria ou não, ou a medida do perdão que receberíamos da parte DELE. Simplesmente, através do Sangue de JESUS, ELE nos perdoou, apagou as dívidas que existiam contra nós, jogou tudo no mar do esquecimento e nos deu nova vida com ELE.

O que me motivou a escrever sobre o perdão foi um e-mail que recebi de uma irmã, com o coração extremamente amargurado. Em poucas linhas, ela me perguntou: “Irmão Fernando, você acha que devo lutar pela restauração de um casamento com um homem que molestou sexualmente a própria filha?”

Aos olhos humanos, essa é uma situação extremamente delicada, talvez a mais complexa que tenha lido nos últimos anos. Mas, ainda assim, não podemos afastar nossos olhos de JESUS, daquilo que nos ensina o Mestre.

Vou responder a pergunta da irmã sem profusões teológicas, mas de uma maneira bem simples, narrando um lindo testemunho de uma triste situação ocorrida em São Paulo.

Um homem cristão realizou o grande sonho de sua vida: casar-se com a mulher amada e ter uma linda criança. Era uma família abençoada, temente a DEUS. Ele trabalhava em dois expedientes e, no intervalo, sempre se dirigia para almoçar em casa com a esposa e a filha. Moravam em um apartamento simples, sobre uma agência bancária, bem no centro da capital paulista. Certa vez, como de costume, ele chegara por volta do meio-dia para almoçar. Enquanto tomava banho, a esposa desceu com a filha recém-nascida para pagar algumas contas no Banco no térreo. Enquanto aguardava a sua vez pacientemente, eis que alguns bandidos invadiram a agência e anunciaram o assalto. Entre gritos, agonias e tumulto generalizado, houve troca de tiros. Alguns desses acertaram a esposa e a criança. Morreram na hora.

Aquele homem, percebendo a demora, decidiu descer para saber o que acontecia quando, de repente, defrontou-se com os corpos da esposa e da filha estirados no chão. Sua vida, naquele instante, sofria um profundo impacto. Um dia após o fatídico acontecimento, no enterro, de óculos escuros e profundamente abalado, foi entrevistado por uma repórter de uma grande emissora de TV, para que ele falasse um pouco sobre a violência que tomava conta das grandes cidades. Após uma rápida análise, aquele homem tirou os óculos, fitou seus olhos em direção à câmera e disse: “Você, que tirou a vida das pessoas que mais eu amava nesse mundo, minha esposa e minha filha; você, que destruiu a minha família, eu sei que você está me assistindo agora. Quero te dizer que o perdoou em Nome de Jesus e que vou orar para que JESUS salve a sua vida e você seja outra pessoa”.

A pergunta que logo surge é a seguinte: como uma pessoa, profundamente abalada com a perda da esposa e filha, consegue liberar perdão para o assassino de sua família? A resposta também é imediata: o temor ao SENHOR JESUS. Uma pessoa transformada pelo Amor e pelo Perdão de CRISTO não se deixa vencer por satanás nem permite que qualquer outro sentimento faça morada em seu coração. Observe o que escreveu o apóstolo Paulo aos crentes em Corinto: “e a quem perdoardes alguma coisa também eu. E o que eu perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo, para que não sejamos vencidos por satanás” (2 Coríntios 2:10). Observe a estratégia do diabo para nos atingir: primeiro ele age na vida de uma pessoa que não teme a DEUS, fazendo com que essa pessoa pratique algum mal contra nós ou nossa família. Em seguida, com essa atitude, ele tenta semear ódio, rancor, impiedade no coração da pessoa ferida. Quando consegue, terá obtido mais uma vida para o seu reino.

Voltando ao caso daquele homem sofrido que liberou perdão no momento mais difícil de sua vida, ele não olhou para o que havia acontecido, mas percebeu que aquela vida poderia ser preciosa para o Reino de DEUS. Os que estavam ao seu redor e não conheciam verdadeiramente a CRISTO, acharam-no louco, pois era inconcebível alguém perdoar o assassino da própria família. Paulo também escreveu: “pois a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas, para nós, que somos salvos, é o poder de Deus” (1 Coríntios 1:18). Surpreendentemente, aquele bandido estava, sim, assistindo àquela programação. E sua mente entrou em grande confusão. Aquele perdão liberado ficou plantado em seu coração. Até que um dia, esse mesmo assassino entrou em um templo evangélico para assistir a um culto. Naquela noite, ele confessou a JESUS como seu único Senhor e Salvador e teve sua vida completamente modificada. De bandido, assassino, homicida, lixo que era pisado pelos homens, tornou-se um vaso de honra, precioso nas mãos do SENHOR.

Os anos passaram. O viúvo casou-se novamente e teve duas lindas filhas. Aquele ex-bandido passou a viajar o Brasil inteiro testemunhando e pregando o Evangelho que salva. Centenas e centenas de vidas iam sendo salvas através do testemunho de sua vida e Poder de DEUS. Uma vez aquele servo do Senhor foi convidado a contar o seu testemunho em uma igreja no centro de São Paulo. Foi quando ele contou como chegou a CRISTO, através de um homicídio que cometera, tirando a vida de uma mulher e uma criança quando ele realizava um assalto a uma agência bancária, e o perdão liberado pelo viúvo em pleno canal de TV no momento do enterro. Nesse instante, o viúvo que havia se casado outra vez, levantou-se aos prantos, erguendo uma de suas mãos ao alto. Com passos lentos, dirigiu-se ao centro do púlpito, onde estava o ex-assassino. Os dois se abraçaram, choraram muito e toda a igreja foi edificada. DEUS sacrificou duas vidas salvas por amor de uma vida, que, com forte testemunho, seria instrumento de salvação de milhares de outras vidas. Com uma simples palavra, um gesto grandioso, mesmo em momento de grande dor, aquele servo do DEUS Vivo mudou completamente uma história.

Em momento de profunda dor e humilhação, suspenso numa cruz de madeira, o Filho de DEUS liberou perdão aos seus agressores: “Jesus disse: Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem. Repartindo as vestes dele, lançaram sortes” (Lucas 23:34).

Depois de saber da grande atitude daquele homem e os frutos gerados a partir dela, qual você acha deve ser a atitude daquela mulher, cujo marido, usado pelos demônios, molestou sexualmente a própria filha? Esquecer? Deixar que o tempo cure alguma ferida? Dizer que perdoou, mas jamais querer saber dele? Ou perdoar verdadeiramente, envergonhar satanás, e começar uma nova e promissora história com o mesmo marido? Há situações que podem parecer muito difíceis e complexas demais, mas nunca impossíveis de serem resolvidas. Quem tem um coração movido pelo Espírito de DEUS consegue perdoar o outro sem muita dificuldade. Lembrando que o perdão não depende se o outro vai nos procurar ou não, se fomos nós os causadores ou não. Ele deve ser manifestado para que as cadeias do mal sejam destruídas e não haja mais impedimento algum entre nós e o outro.

Certa vez Pedro se aproximou de JESUS e perguntou: “(…) Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: não te digo que até sete, mas setenta vezes sete” (Mateus 18:21-22).

Minha oração todos os dias é que DEUS me dê cada vez mais um coração perdoador, independentemente do tamanho da gravidade que tenham cometido contra mim ou quem quer que seja. Eu quero perdoar, perdoar verdadeiramente. Perdoar não é esquecer o problema, deixar a cargo do tempo. Tempo não perdoa pecado, mas o Sangue de JESUS que purifica de todo mal e que veio para destruir as obras malignas. Eu quero e preciso perdoar para ser digno de ser chamado Filho de DEUS. “Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós. E, sobre tudo isto, revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição” (Colossenses 3:13-14). No livro de Romanos também está escrito: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (12:18). É possível perdoar? Sim, sempre é possível. Então faça para que a sua vida seja liberada para receber todas as bênçãos de DEUS. Afinal, o perdão é segredo de uma família restaurada, abençoada e feliz. Que DEUS nos abençoe!

FERNANDO CÉSAR – Escritor, autor dos livros “Não Mude de religião: mude de vida!”, “Pódio da Graça”; “Antes que a Luz do Sol escureça” e da coleção “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua o adultério antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua a insubmissão antes que ela destrua seu casamento”. Também é líder do Ministério Famílias para Cristo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para "Perdoai!"

  1. Marcia Oliveira disse:

    Paz Fernando,

    Mensagem que muito me edificou, me senti profundamente tocada pelo Espirito Santo. Hoje mesmo sinto que Deus esta trabalhando no meu coração para que eu aprenda a liberar sempre o perdão.

    Fique com Deus.

    Márcinha

  2. Paula Gabriely disse:

    Realmente, o Deus que servimos é um Deus de perfeiçao, Ele permite que entremos nos deserto para nos curar em todos os aspectos.
    No deserto somos aperfeiçoadas, tenho sido aperfeiçoada em muitos sentimentos, entre eles o orgulho pq somos humilhadas quando existe separaçao, quando marido nos deixam pra viver com outras pessoas e nós continuamos clamando pela restauraçao, usando aliança, enquanto seu marido esta desfilando com outra pessoa, cada dia nos humilhando mais e mais.. mais a palavra de Deus diz que os humilhados serào exaltados, por isso erguemos a cabeça e continuamos a caminhada.
    Sabemos que muitas vezes a nossa carne salta, se ele pode estar com outra eu tambem vou seguir minha vida com outra pessoa e esquece-lo completamente e ele vai ver que eu também tenho outra pessoa que me valoriza como ele nao valorizou.. Mas este nao é o plano de Deus para as familias.
    E entre tantos sentimentos ruins existe a ira.. faz com que perdemos o foco de tudo, ontem num momento de ira, eu ia passar com o carro por cima da outra mulher, satanás é sujo ele utiliza desses pensamentos para nos manipular e fazer com que perdemos a bençao que Deus nos enviou, nao digo que bençao se resume a trazer o marido de volta e sim de ser transformada pelo poder de Deus que habita em nós, e nos torna a princesa dos olhos de Deus,..Deus tem uma promessa em nossas vidas e quando somos realmente transformadas, Deus, traz de volta marido completamente transformado
    E o mais dificil quando estamos no deserto é liberar perdão. Liberar perdáo pra quem nos faz sofrer é somente para aqueles que realmente temem a DEUS.
    Sou grata a Deus por estar no deserto aprendendo e me fortalecendo todos os dias, e agradeço ao meu moisés por tirar as escamas espiturais que me impediam de contemplar um Deus fiel em suas promessas.
    Não desistam,perseverem, nao desanimem quando as pessoas disserem que Deus algo melhor pra vc, que seu marido nào é pra vc, que vc merece outra pessoa, nao deixe a desesperança fulminar sua fé, Deus irá nos colocar em lugar de honra!!
    Assim que eu for totalmente transformada voltarei aqui para dar testemunho da restauraçao do meu casamento, por enquanto Deus ainda está me moldando!!

  3. Gisele C C Louback disse:

    A Paz Querido Fernando!!!
    Podemos concluir que o perdão faz toda diferença em nossa caminhada espiritual, o perdão liberta, salva, cura, transforma vidas, ele é essencial para nossa caminhada no deserto.
    Precisamos verdadeiramente temer ao Senhor para cumprirmos essa difícil tarefa que nos conduz a Vitória o Perdão Incondicional!!!

    Gisele

  4. Verônica disse:

    Linda mensagem e muito tocante também ! Que nos ajude a perdoarmos sempre!

  5. bernarda disse:

    concordo ,e´preciso perdoar , temos que pedir ajuda a deus , e se colocar no lugar de quem pecou ,que será que se fossemos nós , não iriamos querer ser perdoadas? temos que refletir isso , mas com certeza é só o tempo que faz esquecer o que passou.

  6. Mirelli disse:

    Passei dez meses no deserto por não conseguir perdoar de verdade. Durante esse tempo, foi como se a minha vida tivesse ficado em stand-by. Nada fluía normalmente. Quando aprendi a liberar perdão verdadeiramente me tornei uma pessoa melhor. Hoje eu glorifico a Deus por estes meses em que Ele me moldou, e oro sempre ao Pai pedindo um coração perdoador.
    Bernarda, conheço um casal com 35 anos de casados cujo esposo cometeu adultério quando tinham 4 anos de matrimonio. Ela o perdou só da boca para fora, pois em qualquer oportunidade ela o lembra desse pecado cometido a mais de 30 anos atrás. O tempo não nos faz esquecer, somente o perdão é capaz de colocar as ofensas sofridas num lugar de menor importancia da nossa memória.
    Fernando, que o Espírito de Deus continue te usando com muito poder e te guarde de todas as investidas de Satanás. Louvo a Deus pela sua vida!

  7. lara disse:

    Eu era uma pessoa que não perdoava de jeito nenhum, certo dia Jesus tocou em meu coração e pude perceber as bençãos que é vc perdoar alguém, seja por qualquer motivo.As vezes tenho recaídas, mas procuro no Senhor ficar cada dia melhor.
    O texto nos faz refletir muito.
    Obrigado Fernando, que Deus o abençoe.

  8. Eracly disse:

    Fernando, mais uma vez o Senhor te direcionou e voce conseguiu se superar ao tratar de maneira tão clara e direta um dos pontos chaves para o crescimento do crente na caminhada cristã: O PERDÃO.
    Perdoar é muito bonito no falar, no ler na palavra, mas é “sobrenatural”, ou seja, somente Deus, pela sua infinita misericórdia, pode nos ensinar a praticar essa “arma” btão poderosa contra as investidas do diabo, eu creio que todo o deserto que tenho atravessado, muito se dev à falta de liberação de perdão ao meu marido, e essa falta de perdão foi substituída por acusações e cobranças que a cada dia foram abrindo as portas e o expulsando a ponto de ele ir sem olhar pra trás, pra mim, para os nossos filhos, e hoje eu tenho tentado fechar todas brechas, e tenho confiado nas promessas de Deus, mas ainda assim perdoar traição, desprezo, … Não é fácil somente Deus pode realizar essa OBRA… Desde que permitamos.
    Obrigada mais uma vez, por se dispor desta forma diante de Deus.
    Que o Senhir continue a te abençoar.
    Eracliene/São Luís-Ma

  9. cesar giordano disse:

    Paz irmãos!!!

    Deus é maravilhoso, é so cristo que pode nos libertar, a tratar nossos corações, a perdoar os nossos inimigos, etc
    minha esposa me deixou à 81 dias, nao guardo magoas nem rancor e sei que Deus esta trabalhando para essa situação se reverter, é dolorido mais eu creio na palavra do srº, estou descansando nele………
    Te amo Jesus Cristo me dê crescimento espiritual a cada segundo!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s