Contra o que você tem lutado?

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Pois não temos de lutar contra a carne e o sangue, e, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os poderes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais da maldade nas regiões celestes” (Efésios 6:11-12).

Acabo de receber em minha caixa de mensagens virtuais um e-mail de um servo de DEUS que me escreve de Curitiba, Paraná. Por uma questão de ética, preferi não identificá-lo. Dentre um assunto primordial levantado por ele, os dízimos, algumas de suas frases, em tom de desespero, chamaram-me muito a atenção, tais como: “todos os dias enfrento uma luta que, via de regra, perco. Ao receber meu salário, não consigo separar os 10% que pertencem a DEUS e entrega-lO. Luto, luto, luto até que acabo sendo vencido e não entrego. Hoje, ainda na cama, pensei ‘vou jogar a toalha’ e, ao invés de entregar o dízimo, vou entregar esta luta para DEUS porque fracasso e sou derrotado. Não adianta lutar. Minhas forças estão aquém da luta”.

A luta do irmão que me escreve é puramente carnal, fruto de um esforço humano e não de um processo de transformação espiritual. Quando lutamos contra aquilo que ainda não fomos convertidos, transformados pelo Espírito Santo, temos vitória passageira, temporária, resultado de puro esforço humano; mas logo nos encontramos nas velhas práticas pecaminosas. Talvez você esteja lutando uma luta diferente que a do irmão de Curitiba: contra o vício do alcoolismo, do cigarro, da prostituição, da mentira, do furto etc.; e esteja sofrendo os mesmos resultados que ele. Contra o quê, finalmente, você tem lutado todos os dias? A sua luta tem amparo bíblico? É sobre a luta, na época da Graça, que o Espírito de DEUS me impulsiona a escrever.

Quantas vezes me vi na mesma situação citada acima, lutando de forma errada contra algo que atrapalhava a minha comunhão com DEUS? Em algumas circunstâncias até subia uma sensação momentânea de vitória, de êxito (eu afirmava: “venci!”), mas que logo era desfeita quando eu me encontrava lutando com as próprias forças outra vez e contra os objetivos de sempre. Então o Senhor JESUS me ensinou, na Santa Palavra, a combater o bom combate, e o diabo nunca mais teve sucesso em minha vida nem me desfalece mais com acusações em minha consciência. Aprendamos o seguinte: lutar contra algo que nos atinge a consciência é lutar contra a carne e contra o sangue, pois somos feito de um conjunto homogêneo: corpo, alma, espírito. Se somos atribulados por dúvidas ou por qualquer tipo de pecado, devemos nos revestir “de toda a armadura de Deus” (Efésios 6:11). E quais são estas armaduras citadas pelo apóstolo Paulo? Lombos cingidos com a verdade; vestir-se com a couraça da justiça; calçar os pés com o evangelho da paz; tomar o escudo da fé, “com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno” (Efésios 6:16). Não são armas visíveis nem requerem esforço carnal. A verdade, a justiça, a paz e a fé só são adquiridas através de JESUS CRISTO. Observe que tão verdadeiras são estas palavras que, na continuidade do texto, Paulo nos oferece, ainda na mesma carta, o segredo de como alcançarmos estas virtudes – apenas por meio da oração: “E orai por todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito. Vigiai nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos” (6:18). Não adianta lutar com as próprias forças: é luta vã, causa perdida. Só se combate principados e potestades com oração e jejum; sem desespero, que é o oposto da fé; e crendo que o tempo de vitória é o estabelecido por DEUS. O PAI quer nos ver lutando; mas lutando com sabedoria.

À época da velha aliança, o povo de Israel lutava contra os inimigos visíveis e concretos. Assistimos a muitas lutas contra os amorreus, amalequitas, heteus, cananeus, moabitas etc.: “Mas Israel o feriu ao fio da espada, e apoderou-se da sua terra, desde Arnom até Jaboque, fronteira dos filhos de Amom, porque esta fronteira era fortificada. Assim Israel tomou todas estas cidades dos amorreus, e as ocupou, inclusive Hesbon e todas as suas aldeias” (Números 21:24-25). O livro de Josué mostra o sacrifício do povo de DEUS em conquistar a terra de Ai, por meio de uma luta física: “Ora enviou Josué, de Jericó, alguns homens a Ai, que está junto a Bete-Áven, ao oriente de Betel, e lhes disse: subi, e espiai a terra. Então subiram aqueles homens, e espiaram a Ai. Quando voltaram a Josué, lhe disseram: não suba todo o povo. Subam uns dois ou três mil homens, a ferir a Ai, e não fatigueis ali a todo o povo, pois são poucos os habitantes” (7:2-3). Agora leia atentamente a luta de Jacó com um anjo: “Jacó, porém, ficou só e lutou com ele um homem até o romper do dia. Quando o homem viu que não prevalecia contra ele, tocou-lhe a juntura da coxa de Jacó, enquanto lutava com ele. Então o homem disse: deixa-me ir, pois já rompeu o dia. Porém Jacó respondeu: não te deixarei ir, se não me abençoares. Perguntou-lhe o homem: qual é o teu nome? E Jacó respondeu: Jacó. Então o homem disse: não te chamarás mais Jacó, mas Israel, porque lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste” (Gênesis 32:24-28).

Vejamos agora como se processaram as lutas contra os nossos inimigos na época da Nova Aliança. Certa vez, JESUS ao explicar aos apóstolos que era necessário padecer muito, ser morto e ressurgir ao terceiro dia, orientou-os sobre como herdar o reino dos céus: “Pois aquele que quiser salvar a sua vida (com luta própria e inglória e com seu próprio esforço), perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á” (Mateus 16:25) (grifo meu). Em outra ocasião, JESUS, ao atravessar o Vale de Cedrom com alguns dos seus apóstolos, entregou-se espontaneamente aos soldados romanos e aos principais religiosos. “Então Simão Pedro, que tinha uma espada, puxou dela, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. O nome do servo era Malco. Mas Jesus disse a Pedro: mete a tua espada na bainha! Não beberei o cálice que o Pai me deu?” (João 18:10-11). Que luta inglória Pedro travara pelas suas próprias forças!… Em audiência com Pilatos e próximo de Sua crucificação, JESUS o respondeu: “o meu reino não é deste mundo. Se fosse, os meus súditos combateriam para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas agora o meu reino não é daqui” (João 18:36). Em Salmos está escrito: “Se o Senhor não edificar a casa (a sua vida), em vão trabalham os que a edificam (…)” (127:1) (grifo meu).

Nenhuma luta em nossa vida é válida se não tiver a intercessão do Espírito de DEUS. O apóstolo Paulo foi um dos que souberam lutar contra os poderes do mundo tenebroso das trevas. Por amor de CRISTO foi açoitado e por diversas vezes encontrou-se em cárceres. DEUS o fez vencedor em todas. Paulo sabia que, para tão perfeita luta pelo reino dos céus, deveria utilizar as armas espirituais: “não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo aquele que luta, em tudo se domina. Eles (os que lutam e correm para sua própria glória) para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, a incorruptível” (1 Coríntios 9:24-25) (grifo meu). O conselho que eu dou para os que são impulsionados pelas manifestações da carne (pecados, dúvidas) é que orem bastante. Peçam a DEUS que os capacite de toda sabedoria dos céus e os ensine a caminhar um caminho de justiça e de verdade, aumentando-lhes a fé. Mas não se ire, não discuta, não magoe, não amaldiçoe, não use da força nem das palavras persuasivas. Se alguém em tua face bater, oferece-lhe a outra; ou seja, ame-o, abençoe-o, ore por essa pessoa. Se alguém te amaldiçoar, repreenda-o em oração. Nada de chegar diante dessa pessoa e afirmar: “está amarrado em Nome de JESUS!”. Isso é frase feita de crente, é chavão, atitude desprovida de sabedoria. Antes de querer amarrar alguém, amarre a sua falta de sabedoria. Sabe como é que se luta em uma batalha espiritual para a restauração de um casamento? Em silêncio, em oração e jejum, suportando as injustiças, as provocações, os espinhos na carne. Não importunando o cônjuge, mas antes permanecendo de boca fechada. Quando um servo de DEUS se humilha em oração por determinada causa e descansa, por mais difícil que pareça, muito mais o Senhor JESUS derrama sobre ele bênçãos sem medidas.

E quanto aos dízimos, caro irmão de Curitiba, continuam a ser, na Nova Aliança, um conselho de DEUS para os fiéis na terra. Os fariseus na época de JESUS dizimavam suas hortelãs, mas desprezam o juízo e o Amor de DEUS, ao que o evangelho de Lucas nos orienta: “(…) devíeis fazer estas coisas (dizimar), sem omitir as outras” (11:42) (grifo meu). Mas não dizimar como nas épocas de Abraão e de Moisés (um exercício de obrigação sacerdotal e antiga). Agora, como uma expressão de amor a DEUS e à sua igreja. Quando for dizimar não se prenda a uma porcentagem específica de 10% (embora a etimologia da palavra assim signifique e muitos líderes cristãos determinem); pois esse dever específico era obrigação de uma lei imperfeita, antiquada e envelhecida, que, ora pelo sacrifício do Cordeiro, fora anulada: “dizendo-se nova aliança, ele tornou antiquada a primeira. Ora, aquilo que se torna antiquado e envelhecido, perto está de desaparecer” (Hebreus 8:13). Quem se prende a um percentual termina agindo por obrigação, sem fé e sem alegria. Lembre-se de que, com JESUS, você foi crucificado e todos os seus pecados perdoados, e por esse sacrifício, o preço já foi pago pelo Filho de DEUS em nosso lugar. O peso do pecado que ora assalta-lhe a mente, incomodando-lhe, também foi exterminado no Calvário. Hoje somos livres para amar e servir a DEUS no mais precioso e verdadeiro Amor. E ao perceber que fez algo que desagradou a JESUS, dobre seus joelhos e arrependa-se, recomeçando a jornada com fé e Amor. Pois ao final, poderemos todos exclamar o mesmo que disse Paulo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (2 Timóteo 4:7). Que DEUS nos abençoe ricamente!

FERNANDO CÉSAR – Escritor, autor dos livros “Não Mude de religião: mude de vida!”, “Pódio da Graça”; “Antes que a Luz do Sol escureça” e da coleção “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua o adultério antes que ele destrua seu casamento”, “Destrua a insubmissão antes que ela destrua seu casamento”. Também é líder do Ministério Famílias para Cristo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Contra o que você tem lutado?

  1. Valtina Silva disse:

    Maravilhoso este estudo, a cada dia me sinto edificada lendo os estudos do irmão, que Deus a cada dia abençoe grandemente o seu ministério e a sua vida. Cada dia tenho ouvido Deus me falar, fique quieta, espere, estou contigo todo os dias, não se desespere.Glória a Deus por este ministério e por sua vida

  2. Vanilda Carmen disse:

    Nossa esse estudo muito significativo na minha vida, gosto muito de ler essas passagens, me enchem de entusiasmo e ao mesmo tempo esperança, da graça de Deus na minha vida. Continuarei orando e pendindo a Deus para a restauração do meu casamento, pois tenho muita fé que irei conseguir com a graça do senhor Jesus.

  3. Vanessa disse:

    Pois é…esse estudo…me fez olhar para a minha própria e identificar erros, que não estavam claros pra mim…louvado seja o Nome do Senhor….por mais essa advertência…..que me leva ao conhecimento…arrependimento e ao conserto.
    Glórias!!

  4. Denise disse:

    Maravilhoso!!!!!Deus é maravilhoso….Só Ele cumpre o que promete e nos dá Vitória!!!
    A nossa vitória é ter olhar ESPIRITUAL……..

  5. clodoaldo dias ribeiro disse:

    Glorifico a DEUS por um dia ter te conhecido,não me recordo como,mas os estudos que o ESPIRITO SANTO tem te passado tem nós confortado,como é maravilhoso abrir meu e-mail e ver que tem um casamento restaurado,e saber que DEUS usou vc para direcionar,glorifico a DEUS pois acabou a tristesa de um servo de DEUS,fico imaginando em meio as lagrimas no dia que chegar o meu,ó meu DEUS,aleluia,aleluia,nossa é muito forte,obrigado DEUS pela vida do teu servo Fernando,origado a vc por estar sempre nos ajudando,DEUS o abençoi !!!

  6. eveline disse:

    MUITO BOM ESTE ESTUDO,ALIÁS TODOS SÃO MUITO BONS!!
    AS VESES A MINH ABENLÇÃO ESTA CHEGANDO EU CINTO,MAIS QUANDO LUTO PELA CARNE PENÇO QUE A PERCO.
    MAIS ESTE ESTUDO ABRIL MEUS OLHOS E AGORA VOU LUTAR NO ESPIRITO E PELA FÉ.
    OBRRIGADO

  7. Eracly disse:

    Fernando, obrigada mais uma vez por se deixar ser usado por Deus, pois os teus estudos são ferramentas poderosas nas mãos de Deus para reanimar espíritos abatidos, são poderosos como ferramentas que ajudam a corrigir defeitos que, muitas vezes, nos passam despercebidos, mas que causam grandes estragos espirituais e consequentemente físicos e materiais. Teve uma frase que vc me falou por telefone que me marcou muito e que, sem voce nem perceber, me ajudou de maneira sobrenatural, a partir daquele dia eu tenho visto a minha situação totalmente com olhos espirituais e tenho vencido a mim mesma dia após dia, tenho vivido dias de paz (que está acima de todo o entendimento), alegria, fé e um amor como eu jamais pensei que pudesse ter pelo meu marido, ainda mais nesta situação, a frase que o Senhor te usou pra me dizer naquela noite foi: O TEU MARIDO NÃO PODE ULTRAPASSAR OS LIMITES PRÉ DETERMINADOS POR DEUS, ELE SÓ PODE IR ATÉ ONDE O SENHOR DETERMINOU. OBRIGADA DE CORAÇÃO FERNANDO, pois mesmo eu sabendo que Deus tem o controle de todas as coisas essa frase que voce me disse me tocou profundamente, voce provavelmente é um servo que o Senhor olha e diz: “ESTE É O MEU SERVO EM QUEM ME COMPRAZO” EU LOUVO A DEUS PELA TUA VIDA.
    OBRIGADA POR NÃO DESISTIR DE MIM E DE TANTAS OUTRAS PESSOAS QUE VOCE AJUDA, E CONTINUAR MANDANDO MENSAGENS COM VERSÍCULOS BÍBLICOS. Somente Deus pode fazer na vida de um homem o que Ele tem feito na sua vida.
    BOM DIA!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s